30 anos da queda do Muro de Berlim

Por SOMOS Educação

Um dos maiores símbolos da luta entre o comunismo e o capitalismo foi o Muro de Berlim, que dividiu a sociedade alemã por 28 anos. Construído pelo regime da República Democrática Alemã (RDA) em 1961, o muro teve sua queda emblemática na noite de 9 de novembro de 1989. A desconstrução da barreira foi um dos eventos mais marcantes do século 20.

Histórico da fronteira

Queda do muro.
Queda do Muro de Berlim, em 1989, foi comemorada,

Após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha passou a ser dividida em dois lados. O lado ocidental, capitalista, foi dominado pelos Estados Unidos, pela França e pela Inglaterra. Já o lado oriental, comunista, ficou com a União Soviética. A divisão ficou marcada na capital do país, Berlim, por um muro de quase 4 metros de altura e 155 quilômetros de extensão.

No lado oeste, do capitalismo, as pessoas tinham liberdade para viajar a qualquer lugar. Já os alemães que viviam na Alemã oriental não tinham a possibilidade de ir até o lado do Ocidental. O que abriu o caminho para a queda do muro foi o anúncio de uma nova lei de viagens, que foi anunciada numa entrevista coletiva televisionada ao vivo em Berlim Oriental, na noite de 9 de novembro de 1989.

A lei, de acordo com o comunicado, liberaria o trânsito para o Ocidente de forma imediata. Milhares de cidadãos de Berlim foram celebrar a queda da fronteira no centro da cidade. O dia marcou o fim da divisão da Alemanha em Ocidental e Oriental.

Atualmente, há centenas de pedaços do muro simbólico espalhados pelo planeta.

Galeria de esperanças

Parte do muro foi transformada no maior painel artístico do mundo. Trata-se da East Side Gallery, que conta com a participação de 105 artistas do mundo inteiro juntos pelo “Memorial Internacional da Liberdade”. São pinturas feitas no lado oriental do muro, em 1990, o ano posterior à queda da fronteira.

East Side Gallery
East Side Gallery

Saiba mais do mundo da Educação: https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza/educacao

Fotos: Divulgação

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *