As consequências do Furacão Laura nos EUA

Por SOMOS Educação

No dia 27 de agosto, o furacão Laura, que alcançou a categoria 4 na escala Saffir-Simpson, atingiu a costa sudeste dos Estados Unidos, em meio a alertas de tempestade catastrófica, ventos máximos sustentados de até 240 km/h e inundações. 

A ameaça de inundações catastróficas fez com que centenas de milhares de pessoas deixassem suas casas na Louisiana e no estado vizinho Texas.

LAKE CHARLES, LOUISIANA – Após o Furacão Laura, em 27 de agosto.

A cargo de comparação da escala Saffir-Simpson, o Katrina, que causou grande destruição em 2005, alcançou categoria 3 em terra firme e 5 no Oceano Atlântico. 

Consequências fatais

O furacão deixou ao menos 18 mortos, sendo que mais da metade das vítimas morreu não por causa dos ventos, e sim por asfixia por monóxido de carbono. Segundo a agência Associated Press, essas pessoas morreram ao ligar sem os devidos cuidados os geradores de energia movidos a gás após ficarem horas sem eletricidade.

Além disso, por conta da chegada do furacão, os principais centros de refino de petróleo de Lake Charles, de Beaumont e de Port Arthur, estão na rota de risco e já deixaram de funcionar.

Uma família e três furacões

Uma família na cidade de Hackberry, em Louisiana, viu pela terceira vez um furacão causar prejuízos a eles.  Na primeira vez, em 2005, o furacão Rita inundou o imóvel. Três anos depois, o Ike alagou o trailer nos fundos da mesma propriedade.  Já o Laura não só quebrou paredes como levantou a casa de cima de suas fundações. E o trailer acabou demolido, lançando pelo terreno roupas, pertences, e tocos de madeira. Só uma canoa e uma lata de lixo atadas a um suporte no solo ficaram no lugar.

Furacão Laura – Imagens

O governador de Louisiana, por outro lado, se disse “aliviado” porque os danos do Laura foram menores do que o esperado. De fato, o furacão perdeu força até se tornar uma tempestade ao tocar o solo no continente, mas é importante ressaltar que os ventos fortes causaram 18 mortes e deixaram ao menos 460 mil pessoas sem energia.  

Fotos: Divulgação

Confira mais notícias de atualidades em: https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza

REFERÊNCIAS

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-53923063

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/08/29/furacao-laura-deixa-mortos-no-sul-dos-eua-mas-menos-danos-que-previsto.ghtml

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/08/30/apos-passagem-do-laura-familia-do-sul-dos-eua-tem-casa-atingida-por-furacao-pela-3a-vez.ghtml

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *