Celular: um aliado interessante nas atividades escolares

Por SOMOS Educação

Se os dispositivos móveis já fazem parte integrante da nossa realidade, que tal fazer deles também um grande aliado no processo de aprendizagem? No que depender dos estudantes, isso já vem acontecendo. É o que revela uma recente pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil, com mais de 11 mil alunos, 1.800 professores, 900 coordenadores pedagógicos e mais 900 diretores. Ela mostra que entre os estudantes do Ensino Médio, tanto nas escolas públicas quanto nas privadas, mais de 70% utilizam o celular para atividades escolares.

Para Fabio Silva, coordenador pedagógico do Ético Sistema de Ensino, tempos atrás, a falta de conhecimento dos docentes em como aplicar esse tipo de tecnologia na sala de aula para transmitir o conteúdo de suas disciplinas aos alunos era um dos principais entraves. “Por volta de 2010, a chegada da alta velocidade da conexão 3G pegou muitas escolas e professores de surpresa. Para saber como aproveitá-la, foi preciso tempo e dedicação a fim de conhecer suas possibilidades e como aplicá-las em sala de aula. Mas não havia como ignorá-la”, diz Silva.

De lá para cá, a demanda cresceu, o que exigiu das escolas mais investimentos nessa área. “Hoje, o próprio Ético oferece a centenas de escolas espalhadas pelo país materiais pedagógicos em diferentes plataformas, como PC, tablets e celulares, e para diferentes disciplinas, tanto para uso dos alunos como também para dar suporte aos professores”, revela o coordenador pedagógico do Ético Sistema de Ensino. Ele complementa: “em nossas bibliotecas digitais, por exemplo, alunos e professores têm acesso no celular ao mesmo conteúdo que recebem impresso, com rapidez e de qualquer lugar, pois podem acessá-lo mesmo que estejam offline”, diz.

Nova ferramenta

A partir de 2018, o Ético Sistema de Ensino vai disponibilizar uma nova ferramenta às escolas parceiras e que possibilitará aos alunos realizar tarefas de revisão – contidas em cada unidade do caderno impresso utilizado pelos professores – através do celular.

“Esse recurso permitirá que o aluno tenha autonomia e estude de forma linear, desenvolvendo o raciocínio lógico dentro e fora da sala de aula. A ferramenta também permitirá aos professores o acesso a relatórios que mostrem o desempenho alcançado por cada aluno, ajudando a identificar qual conteúdo precisa ser reforçado nas aulas, até mesmo de forma individual. Dinâmica favorecida pela tecnologia aplicada”, completa.

Foto: Shutterstock
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *