Cinco dicas para melhorar a memorização nos estudos

Por SOMOS Educação

Final de ano geralmente é época de provas, seja para quem está na escola, na universidade ou ainda para quem deseja uma vaga no ensino superior, através dos vestibulares. Diante de tantos conteúdos diferentes para lembrar, é preciso criar estratégias de estudo para não deixar escapar nada. Confira abaixo cinco dicas de memorização para potencializar a aprendizagem. 

1 – Tenha cuidado com o excesso de confiança

Nunca subestime a facilidade com que se pode esquecer determinado conteúdo no futuro. Por mais confiante que você esteja, não deixe de fazer fichas de leitura quando supor que memorizou algum assunto. Faça testes consigo mesmo repetidas vezes. Dessa maneira, será possível aumentar sua taxa de sucesso e de memorização.

2 – Seja conciso nas anotações

Estudos mostram que, quanto menos palavras são usadas para expressar uma ideia em anotações, maior a probabilidade de lembrar-se delas depois. Isso ocorre porque o processo de resumo faz com que pensemos sobre o núcleo da ideia que queremos expressar, consolidando o conceito em nossa memória. Além disso, é melhor fazer anotações com caneta e papel, pois escrever à mão é mais lento e força o exercício da concisão.

3 – Faça leituras espaçadas

Esqueça o método da releitura. Se você está tentando memorizar um conteúdo, ficar lendo várias vezes seguidas não ajuda. Ao invés disso, o recomendável é espaçar a leitura: volte ao material em intervalos regulares. Ou seja, leia um capítulo, vá fazer outra coisa e depois o releia dentro de uma hora, um dia ou uma semana para ajudar a estimular a memória.

4 – Pare, pense e depois sublinhe

Assim como a prática da releitura, a técnica de sublinhar palavras-chave enquanto lê é muito comum. No entanto, é preciso ter certos cuidados. O ideal é, em um primeiro momento, fazer uma leitura completa do texto. Depois, em uma segunda leitura, é o momento de marcar as passagens mais relevantes. Dessa forma, ativa-se o processamento do que é essencial para a sedimentação da memória.

5 – Busque por padrões

Antes de se preocupar com os detalhes, atente-se para uma visão geral do conteúdo, com foco nos pontos-chave e nas ideias principais. Alunos que apresentam uma visão geral do assunto que estão estudando tendem a apresentar um desempenho melhor, porque passam a fazer conexões entre diferentes tópicos.

E aí, que tal aproveitar este fim de ano para colocar estas dicas em prática e se dar bem nas provas e avaliações que ainda estão por vir?

Veja mais sobre o universo de educação e de atualidades em https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza.

Foto: Depositphotos
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *