Como alguns animais se automedicam?

Por SOMOS Educação

Sabemos que automedicação é algo muito comum entre os humanos. Pela sabedoria popular, sempre tem um chá bom de alguma planta para aquela dor estomacal, ou uma folha que pode ajudar na cicatrização de uma ferida. É também a partir da natureza que diversos povos indígenas encontram a medicina. 

Mas você sabia que essa também é uma prática entre animais? Esse fenômeno impacta na ecologia e nas interações hospedeiro-parasitárias de diversas maneiras. Ou seja, reduz a virulência dos parasitas, interfere com a eficiência do sistema imunológico do animal, com a adaptação dos parasitas aos hospedeiros e vice-versa, e são relevantes para a produção de alimentos que consumimos.

Saiba mais acompanhando a leitura deste artigo!

Mundo animal

Chimpanzés, insetos, aves, répteis, elefantes, dentre outras espécies, se automedicam! De acordo com estudos, muitos animais utilizam-se de substâncias e materiais da natureza para evitar ou tratar parasitas ou patógenos no seu organismo.

Comportamentos de automedicação, portanto, podem ser identificados quando há uma correlação entre a ocorrência de doenças em animais e o uso de uma substância natural como forma de tratamento. É o caso dos chimpanzés doentes, que procuram ingerir ervas com propriedades medicinais. 

Muitos animais são capazes de automedicar-se, inclusive, em obediência a mecanismos comportamentais inatos, independentes do aprendizado pela observação. É o que acontece com formigas, borboletas e drosófilas – as mosquinhas que sobrevoam bananas maduras.

As abelhas, por exemplo, têm maneiras diferentes de tratar suas infecções. Elas coletam resinas das árvores – a substância pegajosa que as árvores produzem como defesa- , e misturam com sua cera, usam em suas colmeias e, com esse composto, reduzem o crescimento de todos os tipos de patógenos. 

Abelhas também se automedicam!

Em algumas culturas, a conexão com a natureza reflete no comportamento animal: as plantas que animais doentes procuram para melhorarem também servem para tratar as doenças do ser humano. 

Fotos: Reprodução

REFERÊNCIAS

https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/automedicacao-em-animais-artigo/

https://www.uol.com.br/nossa/noticias/bbc/2021/04/05/como-animais-encontram-remedios-na-natureza.htm

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *