Como escolher a escola dos filhos

Por SOMOS Educação

Estamos nos aproximando do final de ano e, nesse período, entre tantas dúvidas que passam na cabeça dos pais, duas envolvem o início da vida escolar: já está na hora de matricular meu filho em alguma escola? E como escolher a escola ideal? Tomar a decisão não é algo fácil e envolve fatores emocionais, imunológicos, psicológicos e de desenvolvimento dos pequenos.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional dita que os pais são obrigados a colocar seus filhos na escola a partir dos quatro anos de idade, sob risco de multa em caso de descumprimento. Porém, com a inserção da mulher no mercado de trabalho, esse início de vida escolar tem acontecido muito mais cedo, as vezes a partir dos quatro meses, quando termina o prazo de licença-maternidade da mãe.

Apesar de parecer precoce essa antecipação, de acordo com Tânia Medeiros, coordenadora pedagógica do Sistema Maxi de Ensino, “há muitos pais que conseguem observar nos pequenos filhos o desenvolvimento de forma mais acelerada”.

Fatores a serem avaliados

Para auxiliar pais indecisos quanto ao momento ideal para o início da vida escolar, a pedagoga orienta que sejam avaliados fatores de desenvolvimento dos filhos, bem como o ambiente onde vivem. “O ideal é que a criança já se movimente, não use mais fraldas e esteja desenvolvendo a linguagem. Também é importante avaliar como está sua imunidade, uma vez que no ambiente coletivo a exposição bacteriana é, naturalmente, maior, e se está mais disposta à socialização, o que facilita a adaptação”, explica Tânia.

Com relação ao ambiente, a especialista sugere que os pais sejam criteriosos ao responder questões como ‘a mãe, familiar ou babá que fica com a criança oferece a ela experiências que estimulem seu desenvolvimento?’; ‘ela tem um espaço onde possa brincar, se movimentar e interagir?’; ‘em casa, há uma rotina de atividades que a desperte para descobertas?’ “Dependendo das respostas, esses fatores externos revelam que o melhor seja a busca de uma escola”, diz.

A escolha da escola

Para a definição da instituição de ensino, pais precisam pensar em critérios que vão ao encontro do perfil familiar. Os valores da família e da escola devem estar alinhados.

“A escola deve ser a extensão do lar, com um ambiente harmonioso, que proporcione uma verdadeira parceria e confiança com os pais, especialmente na educação infantil, além de ter uma proposta pedagógica próxima ao que os pais esperam, ou seja, se segue a linha mais tradicional ou liberal, confessional ou humanista”, orienta Tânia.

Ambiente escolar deve ser harmonioso e feliz

A coordenadora pedagógica também destaca ser essencial avaliar como a escola desenvolve o trabalho com a psicomotricidade, com brincadeiras, “priorizando o lúdico, o que é extremamente importante nessa fase da vida”.

Outros itens

Localização e estrutura da escola; oferta de período integral, caso assim seja necessário; preocupação com a segurança e o material didático utilizado, além do preparo e formação de educadores e funcionários, também devem fazer parte do rol de avaliações nesse processo de seleção.

Para descobrir tudo isso, o ideal é que os pais visitem o maior número possível de escolas, observem a sua rotina e busquem referências, conversando com outros pais.

Sistema de ensino

Pais também devem analisar a proposta pedagógica da escola, bem como o sistema de ensino por ela utilizado. Assim, poderão saber como todo o processo de ensino e de formação se dará.

Procure saber a proposta pedagógica oferecida

“Uma das propostas que tem sido muito empregadas, principalmente nas escolas infantis, é a da pedagogia afetiva, que une educação de qualidade cognitiva e científica com o aspecto humano, ligado ao ensinamento de valores e princípios, o que prepara os jovens alunos de maneira integral para a vida”, explica a pedagoga.

Com a realização de toda essa avaliação, pais poderão definir, com segurança e tranquilidade, onde seus pequenos iniciarão sua vida escolar.

Foto: Shutterstock
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *