Entre a ficção e a realidade, série Chernobyl reflete a importância da ciência

Por SOMOS Educação

Nas últimas semanas, a série de TV Chernobyl, co-produção dos canais HBO e Sky, deu o que falar. Sucesso absoluto de crítica e público, a narrativa conta com realismo um dos desastres nucleares mais marcantes da história: a explosão do reator 4 da usina nuclear de Chernobyl, localizada em Pripyat, na então República Socialista Soviética da Ucrânia, em 1986. Mais do que entender um acontecimento que envolve fatores políticos, econômicos e ambientais, a série nos convida a refletir sobre a importância da ciência.

Usina de Chernobyl
Usina de Chernobyl

No fatídico dia, a usina sofreu uma sobrecarga de energia durante um teste de capacidade. A produção da HBO apresenta as causas, os fatores envolvidos e as consequências do desastre. Parte da responsabilidade se dá pela negação das descobertas científicas. Especialistas na área não foram escutados devido a outros interesses e burocracias. Em decorrência disso, os moradores da região foram expostos a doses altas de radiação, que poderiam alterar a composição do sangue e provocar vários tipos de câncer.

A série é recomendada justamente por aliar entretenimento e informação. Neste caso, a ficção e a realidade se fundem para virar exemplo prático e didático sobre decisões políticas, econômicas e científicas.

Radioatividade provocou diferentes tipos de câncer
Radioatividade provocou diferentes tipos de câncer

Turismo na cidade fantasma

O sucesso da série gerou um aumento considerável no número de visitantes à cidade fantasma da usina de Chernobyl. É notável principalmente pela quantidade de fotos tiradas lá e publicadas no Instagram nas últimas semanas.  Não há como negar que a popularidade da produção da HBO aumenta a conscientização em relação ao uso da energia nuclear – bem como ajuda a trazer mais dinheiro para o turismo local.

Indicação que agrega:

O livro “Vozes de Tchernóbil”, escrito pela ganhadora do prêmio Nobel de literatura Svetlana Aleksiévitch

Capa do livro "Vozes de Tchernóbil"
Capa do livro “Vozes de Tchernóbil”/ Divulgação Companhia das Letras

Confira mais notícias de atualidades em: https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *