Mais de mil pessoas comparecem ao Encontro Pedagógico 2019

Por SOMOS Educação

No último sábado (19/1) aconteceu o Encontro Pedagógico 2019. Realizado em João Pessoa (PB), no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, o evento de capacitação teve como objetivo a troca de experiências entre as escolas que utilizam diversas soluções educacionais, fortalecendo a parceria e oferecendo palestras para a formação dos educadores. Cerca de mil pessoas estiveram presentes, representando aproximadamente 83 escolas conveniadas aos sistemas de ensino.

Programação variada

Este ano, o tema do encontro foi “Um Novo Olhar para Diferentes Práticas Educacionais”. Palestrantes de grande destaque trouxeram temas atuais e pertinentes para a questão educacional. Foram eles: professor José Henrique Porto (“Habilidades do Pensar – Mais vale uma cabeça bem feita do que uma cabeça cheia”), Edgard Gouveia Jr. (“Transformar o mundo brincando”) e professor Leandro Karnal (“Educando no Mundo Líquido”).

Mobilizar pessoas para que coloquem a mão na massa com o objetivo de transformar o mundo num lugar melhor. Para que haja engajamento, o palestrante Edgard Gouveia Jr. acredita que tudo tem que ser rápido, divertido e sem botar a mão no bolso. “Brincando, todo mundo é empreendedor.”

Segundo o professor José Henrique Porto, “a educação na contemporaneidade deve ultrapassar o mero exercício da memória e promover, verdadeiramente, a ampliação dos horizontes humanos em seus múltiplos aspectos mentais e emocionais”, diz. “Neste sentido, o intuito desta formação é justamente demonstrar aos educadores as múltiplas possibilidades de abordagem intelectual de um conteúdo escolar e estimular o uso de diferentes estratégias para desenvolver o raciocínio para além da memorização.”

Conteúdo em destaque

Ao longo da palestra, os professores foram convidados a exercitar sua capacidade de observar, refletir, radicalizar, contextualizar, analisar, comparar, criticar, criar e sentir.

Já para o professor Leandro Karnal, o ponto de partida é a inquietação que marca a passagem do mundo sólido, para a fluidez do mundo líquido, de acordo com pensamento do sociólogo Zygmunt Bauman.

“Sistemas educacionais, modelos e práticas pedagógicas vão perdendo seus antigos contornos para se adaptarem às novas exigências da realidade. Precisamos encontrar novos formas de lidar com um futuro que ainda não existe. O objetivo é superar uma educação baseada num modelo do século 19, com professores nascidos (e quase sempre educados) no século 20 e com alunos do século 21”, afirma ele.

O Encontro Pedagógico 2019 foi, sem dúvida, um sucesso!

Fotos: Encontro Pedagógico 2019 / Divulgação
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *