Mudanças climáticas: Ano de 2020 é um dos mais quentes da história

Por SOMOS Educação

De acordo com dados climáticos preliminares divulgados pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), 2020 provavelmente ficará como um dos 3 anos mais quentes já registrados, junto com 2016 e 2019. Isso ocorre mesmo com a desaceleração da emissão de gases de efeito estufa na pandemia, pois as temperaturas globais continuaram aumentando.

As consequências das mudanças climáticas não são vistas e sentidas apenas nas temperaturas, mas também nos oceanos, gelo marinho, furacões, secas e eventos extremos.

Inclusive, o aquecimento mais notável foi no Ártico Siberiano, onde as temperaturas ficaram 5°C acima da média.

Aquecimento nos árticos

O calor do oceano também atingiu níveis recordes. Em torno de 80% do oceano teve ao menos uma onda de calor durante 2020, o que ocasionou em grandes repercussões nos ecossistemas marinhos, já ameaçados por uma maior acidificação das águas devido à absorção de dióxido de carbono (CO2). 

Como é calculado o aumento anual das temperaturas?

A OMM utiliza informações de cinco conjuntos de dados globais diferentes. Desse modo, são comparadas então as medições modernas com as temperaturas obtidas entre 1850-1900. Este valor de referência é algumas vezes tratado como níveis pré-industriais.

Com dados disponíveis de janeiro a outubro deste ano, a OMM diz que 2020 ficará cerca de 1,2ºC acima da linha de base, com uma margem de erro de 0,1ºC.

A expectativa dos cientistas é que a média mais baixa das temperaturas de novembro e dezembro provavelmente empurrarão 2020 para o terceiro lugar dentre os três mais quentes (2019 em segundo e 2016 em primeiro). 

Isso se dá pelo fato de que um evento climático La Niña se desenvolveu no Oceano Pacífico, e isso normalmente reduz as temperaturas.

Fotos: Divulgação

REFERÊNCIAS

https://www.tempo.com/noticias/actualidade/2020-ano-mais-quente-aquecimento-global-la-nina.html

https://www.bbc.com/portuguese/geral-55180955

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *