O uso de Whatsapp na gestão escolar

Por SOMOS Educação

Hoje em dia, é muito difícil encontrar quem não use o Whatsapp como canal de comunicação. Por meio do aplicativo, formam-se diversos grupos de conversa e de troca de informações. Há os grupos de amigos, vizinhos, parentes, colegas de trabalho…e para quem tem filhos na escola, existe o grupo de mães e de pais. Para as instituições de ensino, essa ferramenta de comunicação instantânea pode representar um perigo e se transformar em dor de cabeça, caso seja simplesmente ignorada ou mal gerida.

Whatsapp na gestão escolar
Whatsapp na gestão escolar

Nas linhas a seguir, o Blog Rede de Experiências traz alguns riscos que o aplicativo de comunicação instantânea pode trazer para as escolas. Aborda, também, alguns cuidados essenciais que as instituições de ensino devem tomar para minimizar esses riscos e tê-lo como recurso saudável de interação com pais e mães de alunos.

Assuntos diversos e reclamações

Quem participa de qualquer grupo de Whatsapp sabe que aquele espaço representa um amplo campo para os mais variados assuntos, que muitas vezes não se conectam. Assim, é difícil manter uma linha de raciocínio ou de entendimento para que um único assunto de cada vez seja trazido, debatido e receba o devido encaminhamento. No meio do caminho, outras pessoas se manifestam com conteúdo que não diz respeito ao tema que estava sendo tratado e, dessa forma, os assuntos não são concluídos. Para evitar esse risco, evite ter o Whatsapp como o canal oficial de comunicação da escola. Faça uso dele sim, mas não como única ferramenta com pais e mães de alunos.

Outro ponto sensível e que deve receber a atenção da gestão escolar refere-se às reclamações e até conflitos que se criam por formas diferentes de pensamento ou de condução de uma situação. A instantaneidade com que ocorre a comunicação pelo aplicativo expõe casos, fatos e, muitas vezes, boatos entre os pais e mães integrantes do grupo. Colocar-se permanentemente à disposição para conversas, individuais ou coletivas, é uma forma de contornar reclamações e diminuir chances de conflito. A aproximação física, pessoal e constante estreita laços e facilita a comunicação, mesmo em momentos adversos.

Avisos e troca de informações

Para transmitir avisos importantes, como agendas, compromissos, alertas, pagamento de mensalidades e outros tipos de interação com mães e pais de alunos, de forma a se ter controle da comunicação, sem ruídos, o ideal é contar com uma ferramenta oficial. O e-mail continua sendo utilizado de maneira eficaz por muitas instituições de ensino, embora também tenha crescido a adesão das escolas aos variados aplicativos de gestão escolar disponíveis no mercado educacional.

Whatsapp pode ser usado para algumas ações na escola
Whatsapp pode ser usado para algumas ações na escola

Claro, isso não significa que o Whatsapp e toda o dinamismo que ele oferece na comunicação deva ser ignorado pelas escolas. Ele pode servir como excelente ferramenta para ajudar pais no compartilhamento de materiais escolares, livros e caronas, entre outras ações ou atividades escolares. Pode também ajudar na composição de grupos de interesse para atividades extracurriculares, como esportes e idiomas, por exemplo.

Para além dos muros da escola, o aplicativo de conversas pode ser muito bem utilizado ainda para que a escola incentive a cultura através da divulgação de calendário de filmes, peças, exposições, passeios e outras atividades que envolvam e divirtam a família.

Dessa forma, o Whatsapp pode fazer parte dos recursos de comunicação e interação da gestão escolar com pais e mães de aluno. Não como protagonista, mas como importante canal de complemento na difusão e troca de informações ligadas aos interesses dos alunos e de seus responsáveis.

Leia outras notícias sobre gestão escola e sobre atualidades do universo educacional em https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza

Fotos: Depositphotos
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *