Pandemias à luz da interdisciplinaridade

Por SOMOS Educação

Uma pandemia na era da internet abre espaço para um fluxo ininterrupto de informações vindo de diversas frentes. Informações muitas vezes falsas propagadas até mesmo pela mídia – aquilo que chamamos de “fake news” (notícias falsas, em tradução literal).

Estudar a COVID-19 é prioridade no momento
Estudar a COVID-19 é prioridade no momento

A educação tem um papel fundamental no combate à desinformação e em serviço à sociedade. Mesmo em período de quarentena, de forma leve e didática, as escolas funcionam como o principal canal de construção do saber sobre a temática.

Interdisciplinaridade, análise e reflexão

Muitas escolas oferecem alternativas para o ensino à distância. Os estudos não podem parar. Inclusive, o grande tema do momento pode e deve ser abordado por disciplinas de todas as áreas do conhecimento, inclusive por meio de projetos interdisciplinares. Nesta publicação, levantamos algumas indicações de forma e conteúdo. Confira!

História – A humanidade, ao longo da História, já passou por diferentes pandemias, como, por exemplo, a Peste Negra (1347-1353) e a Gripe Espanhola (1918-1919).

Em diferentes contextos, uma pandemia sempre causa grandes tensões sociais, econômicas e políticas, trazendo à tona períodos históricos de intensas transformações.

Biologia – A disciplina aborda essencialmente as características do vírus, bem como os sintomas e como se dá a transmissão. É a partir da Biologia que  compreendemos conceitos essenciais da virologia.

Geografia – Os professores de Geografia são os responsáveis por fazer a análise do deslocamento do vírus. Em relação à COVID-19, a transmissão entre os países aconteceu em questão de dias.

Matemática – Principalmente por meio de gráficos, a Matemática pode analisar em números o crescimento dos casos da doença.

interdisciplinaridade em casa
Estudar em casa é fundamental

Língua Portuguesa e Língua Estrangeira – É possível aproveitar para debater o efeito das fake news; explorar a busca de informações e dados, argumentos e outras referências em fontes confiáveis. Bem como estimular a produção de textos que colaborem para a construção de habilidades listadas na Base Nacional Comum Curricular.

Confira mais notícias de atualidades em: https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza

Fotos – Unsplash

REFERÊNCIAS

https://educacao.estadao.com.br/blogs/estadao-na-escola/2020/02/13/novo-coronavirus-como-escolas-podem-usar-o-tema-para-discutir-fake-news/ 

https://www.jcnet.com.br/noticias/geral/2020/03/716350-varias-disciplinas-contra-o-coronavirus.html 


Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *