Professores conectados: como utilizar as redes sociais para compartilhar conteúdo

Por SOMOS Educação

O mundo está cada vez mais conectado virtualmente. Os estudantes também. E, inevitavelmente, os professores, gestores, pais etc. Resumindo: todos nós. Torna-se cada vez mais perceptível que não há mais tantas barreiras entre o que podemos chamar de ‘mundo real’ e ‘mundo virtual’.

O ano de 2020, devido à pandemia do coronavírus, acentua essa digitalização das coisas. Devido ao isolamento social, o on-line fica cada vez mais fortalecido, inclusive as relações sociais e o processo de aprendizagem.

Professores e alunos conectados

Além das possibilidades de aula on-line, os professores podem estabelecer um elo com os alunos por um meio dinâmico e acessível: as redes sociais.

professores e estudantes
Estudantes se beneficiam do conteúdo online

Não se trata de fazer amizade ou fazer interferências pessoais nas vidas dos alunos e vice-versa, a nossa dica consiste em criar perfis profissionais no mundo virtual.

Afinal, é papel das escolas e dos docentes escutar mais e detectar a necessidade dos estudantes. Ao compreender os seus novos anseios e dinamismos, desenhar novas formas de ensino-aprendizagem. O contexto sociocultural pede que ferramentas on-line sejam utilizadas da melhor maneira possível.

E como fazer isso?

As redes sociais e os conteúdos

Muitos professores ainda encontram dificuldades e resistência para utilizar algumas tecnologias. Entretanto, já é sabido que é preciso se adequar às novas gerações, que andam a passos largos na frente das anteriores em relação ao digital.

E, pra falar a verdade, nem é algo tão complicado assim. Uma rede social muito interativa e bem utilizada por jovens é o Instagram. Nela, é possível compartilhar fotos, vídeos curtos, bem como os ‘stories’, que são publicações que expiram em 24 horas.

O docente pode criar um perfil profissional no Instagram e compartilhar conteúdos: curiosidades científicas, fatos históricos, pesquisas, tópicos explicativos e até mesmo stories com perguntas e respostas interativas. Utilizando-se do audiovisual.

“Pense fora da caixa”

É uma forma de complementar as aulas e estimular com novidades o processo de aprendizagem dos alunos. Especialmente durante uma pandemia.

Ao término da quarentena, muitos estudantes inclusive podem voltar ainda mais entusiasmados, com muitas aprendizagens on-line que os terão enriquecido.

Confira mais notícias de atualidades em: https://www.rededeexperiencias.com.br/atualiza

Fotos – Unsplash

 

Referências 

https://brasil.elpais.com/sociedade/2020-04-23/professores-terao-que-mudar-seu-jeito-de-ensinar-depois-da-quarentena.html

-Artigo “Divulgação Científica feita por alunos para alunos”, de Ana Paula Bellot, estudante e professora de biologia, Publicação BioJornal – PUC-RJ.

https://drive.google.com/drive/folders/1I0ahCscsi7qxjrcfK9ZCcUBnM2mFWhYS


Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *