SofiaFala: aplicativo ajuda crianças com Síndrome de Down

Por SOMOS Educação

Tudo começou quando a pequena Sofia nasceu. Diagnosticada com Síndrome de Down, sua mãe, a cientista da computação Marinalva Dias Soares, logo percebeu que necessitaria de recursos extras para ajudá-la. Além das terapias tradicionais, como a fonoaudiologia, Marinalva pretendia complementar o tratamento da filha em casa.

Nasce o projeto

Com a ideia na cabeça, ela procurou a colega Alessandra Alaniz Macedo, professora do Departamento de Computação e Matemática, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP. Assim, do esforço conjunto de ambas nasceu, em 2016, o projeto SofiaFala (http://dcm.ffclrp.usp.br/sofiafala/) – que ganhou vida com subsídio do CNPq e com o objetivo desenvolver um software inteligente de apoio à fala para crianças com síndrome de Down.

Gratuito e interativo, o software funciona, por enquanto, apenas em celulares e tablets com o sistema Android, aproximando pais, fonoaudiólogos e pacientes por meio da captação de sons e imagens durante o exercício fonoaudiológico. Desta forma, o aplicativo recolhe dados métricos e estatísticos sobre a performance da criança e sugere critérios de acompanhamento clínico para pais e profissionais.

A Síndrome em números

Estima-se que a cada 700 bebês um nasce com Síndrome de Down (SD). No Brasil, são 4 mil bebês por ano. Atualmente, cerca de 300 mil pessoas possuem SD no Brasil. A Síndrome de Down é uma alteração genética no par do cromossomo 21 que, entre outros fatores, compromete a fala e o intelecto de quase cem por cento das pessoas diagnosticas. No geral, estímulos e terapias integradas com equipes multiprofissionais favorecem o desenvolvimentos dos pacientes, melhorando consideravelmente a sua qualidade de vida.

Para trazer maior visibilidade para a SD, 23 de março foi instituído como o “Dia Internacional da síndrome de Down”.

O aplicativo SofiaFala já está sendo utilizado em fase de testes por usuários da ONG RipDown-RP, do Centro Integrado de Reabilitação do Hospital Estadual de Ribeirão Preto. Aqueles que tiverem interesse em conhecer melhor o projeto podem contatar a equipe através do email: sofiafala.contato@gmail.com

Fotos: DepositPhotos e USP/divulgação
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *