Tecnologia: como levar a sala de aula além da escola

Por SOMOS Educação

O grande desafio das escolas é motivar os alunos a estudar. Nesse sentido, a tecnologia pode fazer muita diferença em sala de aula. Afinal, ela já é ferramenta presente na vida da maioria das pessoas.

No ano de 2016, a pesquisa TIC Educação já havia constatado que o celular já faz parte da vida de 93% da população brasileira – incluindo, é claro, muitas crianças e jovens. Claro, é consenso que a tecnologia é uma das formas mais rápidas e poderosas para transformar o modo como fazemos alguma tarefa no dia a dia. Ela está transformando a forma como consumimos informação, de forma a democratizar e incentivar o compartilhamento de ideias, fornecendo uma infinidade de possibilidades a serem exploradas.

Trata-se de um recurso valioso, que aplicado na escola, de fato pode proporcionar facilidade aos educadores e potencializar o desempenho dos alunos.

Tecnologia na escola e a BNCC

O meio digital já está tão intrínseco na sociedade que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) prevê o uso da tecnologia na escola. Por essa razão, é evidente a importância de explorar esse recurso em prol da formação do aluno e da sua interação com o mundo. Inclusive, escolas de todo o Brasil já fazem uso de ferramentas tecnológicas, como mostra uma pesquisa realizada pela Porvir (veja no link http://porvir.org/especiais/tecnologia/).

Nesse universo escolar, não faltam formatos de tecnologia aplicada em prol do processo de aprendizagem. Há os livros digitais, que permitem ao aluno ter acesso rápido ao material didático; existe a formação continuada de professores; as avaliações online e uma infinidade de possibilidades.

O aluno como protagonista

Um rico exemplo de instrumento tecnológico de aprendizagem é o aparelho celular. A maioria dos smartphones atuais possui vários recursos que podem ser utilizados nesse sentido: câmeras, gravador de voz, mapas, além do acesso à internet.

Quando bem direcionada, essa alternativa é também uma maneira de fazer o aluno aprender como pesquisar, coletar dados, buscar referências e se inteirar de assuntos atuais. Ou seja, a prática pode contribuir para que o estudante se torne o protagonista do próprio aprendizado, como é feito na metodologia de sala de aula invertida.

O uso da tecnologia, então, pode ser considerado parte fundamental em metodologias de ensino onde o aluno assume o papel ativo. Com a sala de aula invertida, a ideia é que o aluno absorva o conteúdo através do meio virtual e ao chegar na sala presencial ele possa debater com professor e colegas o que já aprendeu com suas pesquisas. A sala de aula torna-se o local de interação professor-aluno.

A sala de aula invertida é uma metodologia de ensino cada vez mais usada por professores mundo afora e que, com a utilização de tecnologia, torna o processo de aprendizagem completo e eficaz. Os alunos tornam-se mais ativos, o tempo é melhor aproveitado, o estudante ganha autonomia para aprender em seu ritmo e o seu desempenho melhora. O resultado é sua evolução.

O Plurall como ferramenta de ensino

Se a tecnologia chegou para ficar nas escolas, o Plurall, plataforma associada ao material didático, é uma ferramenta que pode agregar bastante na aquisição de conhecimento. Além de proporcionar ao aluno um ambiente interativo e dinâmico, a plataforma lhe garante autonomia na hora de estudar, incentivando sua participação, mesmo estando fora da sala de aula. Como contempla capítulos completos do material didático na versão digital, traz mais praticidade à sua rotina de estudos.

A ferramenta também é muito útil para a equipe escolar. Por ela, é possível acompanhar o desempenho das turmas e até se comunicar diretamente com pais e alunos pelo celular, através de uma área inteiramente dedicada para essa finalidade.

Para envolver os alunos em uma nova proposta de ensino, é preciso criatividade e inovação. Nesse sentido, o Plurall se apresenta como ferramenta tecnológica para facilitar a superação dos desafios do ambiente digital dentro da escola, atendendo as necessidades de alunos, responsáveis e professores.

Para ficar por dentro das principais notícias do mundo da educação acesse https://www.rededeexperiencias.com.br/em-familia.

Foto: Depositphotos

 

Compartilhe nas suas redes

4 comentários em “Tecnologia: como levar a sala de aula além da escola

  • 22 de agosto de 2018 em 17:11
    Permalink

    Que maravilha! Muito bom ver como a tecnologia transforma a educação.

    Resposta
  • 22 de agosto de 2018 em 17:14
    Permalink

    Adorei o artigo sobre o Plurall!

    Resposta
  • 12 de novembro de 2018 em 11:59
    Permalink

    Muito boas as dicas!! Obrigado!

    Resposta
  • 12 de novembro de 2018 em 11:59
    Permalink

    Ótimas dicas! Temos que nos provocar para evoluir com a educação!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *