Caça ao tesouro e a busca pelo conhecimento

Por SOMOS Educação

Uma atividade interdisciplinar lúdica e divertida. Assim pode ser descrita a “Caça ao tesouro”, promovida pelo Colégio Prisma, em São Paulo (SP), para os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental.  O tesouro principal, neste caso, é o conhecimento – e medalhas de ouro, para simbolizar as conquistas.

A iniciativa pedagógica teve como objetivo contextualizar e integrar temas das seguintes disciplinas: Matemática, Português, Ciências, Educação Física, Empreendedorismo, Geografia e Inglês.

Explorando o colégio

A turma foi dividida em grupos de cinco pessoas para a dinâmica. Os professores elaboraram questões referentes ao conteúdo de suas respectivas disciplinas, e cada pergunta tinha uma resposta verdadeira e uma falsa. A missão dos grupos era descobrir as respostas corretas, pois eram elas que indicavam os locais na escola que continham pistas para o esconderijo do tesouro. Se a resposta estivesse errada, o destino era voltar ao início do trajeto.

“A dinâmica propôs vários desafios para além de uma aula expositiva, os desafios encarados não precisaram de respostas prontas ou memorizadas”, explica Rosana Mel Carnelós, representante do Colégio Prisma.  Durante a atividade, cada professor acompanhava um determinado grupo.

Além de estimular a capacidade de conexão entre os conhecimentos de diferentes disciplinas, a “Caça ao tesouro” reforçou a importância do trabalho em equipe, bem como contribuiu para as habilidades básicas dos alunos de localização e reconhecimento do espaço. Ao explorar o colégio, mapas foram confeccionados e até mesmo bússolas foram utilizadas.

“A atividade foi tão bacana que até alguns alunos mais inibidos participaram de forma bastante significativa ao falar com os colegas, e também na proatividade para resolver as questões”, analisa a professora Rosana.

Como fazer na minha escola?

– Elaborar questões sobre conteúdos trabalhadas em sala de aula;

– Separar grupos entre os alunos;

– Confeccionar um mapa da escola;

– Elaborar pistas e utilizar o espaço do colégio;

– Pensar nos ‘tesouros’: podem ser medalhas de ouro, chocolates, ou qualquer outro tipo de recompensa que agrade a turma.

Para ver outros projetos de destaque na educação navegue em https://www.rededeexperiencias.com.br/na-pratica. E se sua escola também promove e incentiva a participação dos alunos em projetos incríveis, compartilhe conosco em https://bit.ly/2HRdQQ7

Fotos: Colégio Prisma
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *