Homenagem à Eva Perón

Por SOMOS Educação

Na maioria das vezes, a biografia de pessoas públicas como políticos, cientistas, esportistas e escritores – que através de suas atividades deixaram uma importante contribuição para a sociedade – serve de fonte de inspiração para projetos curriculares de bastante sucesso.

E foi assim que o maestro Cléber Neves, do Colégio Crer, em Jundiaí, São Paulo, solicitou um trabalho para os alunos do primeiro ano do Ensino Médio envolvendo a biografia de uma importante líder política da América Latina: Eva Perón. Na ocasião, os estudantes puderam desenvolver, pesquisar e apresentar em língua espanhola tudo sobre a famosa primeira-dama da Argentina.

Legado para a história

Eva Perón (1919 – 1952) sofreu traumas desde a infância até sua adolescência, pois foi fruto de um casamento ilegítimo de sua mãe com um rico proprietário de terras. Após anos de muita insistência, conseguiu seu primeiro emprego em uma rádio novela. Evita, como se tornou conhecida, era obcecada pela fama. Em 1944 conheceu Juan Domingo Perón, então vice-presidente da Argentina e ministro do Trabalho e da Guerra. No ano seguinte, Perón foi preso por militares descontentes com sua política, voltada para a obtenção de benefícios para os trabalhadores. Evita, então apenas a atriz Eva Duarte, organizou comícios populares que forçaram as autoridades a libertá-lo. Pouco depois se casou com Perón, que se elegeu presidente em 1946.

Famosa por sua elegância e seu carisma, Evita conquista para o peronismo o apoio da população pobre, na maioria migrantes de origem rural a quem ela chamava de “descamisados”. E foi assim que ela passou para a história como a “mãe dos pobres.”

Trabalhando o tema

O Colégio Crer tem a língua espanhola como disciplina curricular desde o primeiro ano do Ensino Fundamental I até o terceiro ano do Ensino Médio. A ideia foi aproveitar as comemorações pelo centenário de nascimento de Eva Perón.

Os alunos desenvolveram uma exposição na qual relembraram os 100 anos de Evita com o tema: “Felicitaciones Evita”. Nesta exposição puderam aprender e compartilhar informações sobre o casal Perón. Em conversa com a turma foi possível observar o quanto eles aprenderam com o projeto, tanto no aspecto geográfico quanto histórico.

“O projeto fez com que eles voltassem no tempo e vivenciassem não somente os anos de vida de Evita, mas também a importância que a figura feminina teve e tem na vida dos argentinos e de todos aqueles que visitam e se encantam por Buenos Aires,” relata o maestro Cléber Neves. Felicitar os 100 anos de Evita é compartilhar dos princípios pelos quais ela sempre lutou: ajudar ao próximo e valorizar a posição da mulher onde quer que esteja.

“Onde há uma necessidade, surge um direito.” (Eva Perón).

COMO FAZER EM MINHA ESCOLA

– Escolha uma personalidade cuja biografia inspire lições para a classe. É possível fornecer três ou quatro opções e deixar   que os alunos participem do processo de decisão.

– Pode-se atrelar a nacionalidade da personagem histórica ao ensino de uma língua estrangeira, como fizemos no projeto Homenagem À Eva Perón (espanhol).

– Separe a turma, preferencialmente em duplas, e distribua as tarefas. Peça sugestões dos alunos sobre como gostariam de homenagear ou representar a personalidade: música, dança, mural, colagens, teatro, etc.

– Forneça um prazo para pesquisa e faça uma avaliação preliminar sobre como estão tocando a tarefa.

– Marque a data e deixe que as duplas apresentem o trabalho para toda a turma.

– Faça uma avaliação posterior com os alunos sobre o que acharam da atividade e o que pode ser melhorado da próxima vez.

Fotos: Colégio Crer/Divulgação
Compartilhe nas suas redes

Um comentário em “Homenagem à Eva Perón

  • 9 de agosto de 2019 em 22:48
    Permalink

    Foi muito gratificante em realizar este trabalho, mais ainda ao ver o reconhecimento e publicação. Muito obrigado!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *