Mobilização em prol dos valores universais

Por SOMOS Educação

Para o Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara, de Niterói (RJ), 2017 foi um ano marcado pelo aprendizado, na prática, dos valores universais. Através do projeto “Nova Era – ValorAção, o Eixo da Vida: Reeducando para o Milagre da Vida”, alunos de todas as séries se mobilizaram em diversas ações sociais com foco em melhorar a sociedade.

Clerian Pereira e Hedimar Porto, coordenadores do colégio, contaram como foi a experiência. “O projeto foi realizado com o objetivo de favorecer a construção do saber dos nossos alunos, proporcionando a eles condições de consolidar e aprofundar os conhecimentos necessários à formação integral e, consequentemente, a inserção na vida competitiva da sociedade moderna, utilizando os métodos dialógicos e crítico social, entre outros, defendendo a moral e os valores universais humanos”.

Para esse aprendizado mais que especial, em cada mês uma turma realizou ações sociais, com foco em melhorar a vida das famílias que compõem a comunidade escolar e social.

As classes de Educação Infantil fizeram campanhas de doações que geraram a arrecadação de 132 livros destinados a uma creche comunitária e de quase 90 quilos de pó de café, biscoito e macarrão, doados para a Associação dos Colaboradores e Amigos dos Pacientes Especiais (ACAPE) da região. As turmas ainda distribuíram 100 cartões às famílias do entorno do colégio, com pedidos para que realizassem atos de amor.

Entre as ações realizadas pelos alunos do Ensino Fundamental I teve campanhas de arrecadação de fraldas descartáveis infantis e geriátricas, organização e realização de peça teatral e workshop com nutricionista para falar sobre alimentação saudável. Os estudantes também se empenharam em ações de conscientizações e incentivo às doações, inclusive de sangue.

Os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental I também fizeram um interessante trabalho de mediação de conflitos entre os alunos no horário do recreio e ainda promoveram uma pesquisa junto às famílias dos estudantes do colégio para compreender até que ponto os valores universais são exercidos no seio familiar.

No Ensino Fundamental II, a mobilização não foi diferente. Teve organização de palestra sobre preservação ambiental e também sobre a valorização da mulher na terceira idade, oficina e lanche para todas as avós junto com seus netos alunos da escola. Os estudantes ainda realizaram coleta de lixo na praia, além de campanha de doação de roupas e de alimentos, peça teatral para alunos de uma creche, que também puderam receber aulas de inglês.

“Todas essas ações sociais proporcionaram a interdisciplinaridade, possibilitando relacionar conteúdos a atividades, projetos de estudo, pesquisa e ação, utilizando uma prática pedagógica e didática adequada aos objetivos dos segmentos de Educação Infantil e Ensino Fundamental. A interdisciplinaridade supõe um eixo integrado que tem o objetivo de trabalhar o conhecimento através do projeto de investigação e um plano de intervenção. Essa prática social partiu da necessidade sentida pela escola e pelas famílias, professores e alunos de intervir e promover a transformação da realidade local. Transformação que conseguimos realizar ao longo de todo o ano”, destacaram os coordenadores.

As ações sociais mobilizaram toda a escola.

Mais ajuda

Nos mesmos moldes dessa valiosa iniciativa, outra ação realizada pelo colégio em 2017 foi uma grande campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene e limpeza para as crianças da creche Ceama, localizada no bairro Galo Branco, em São Gonçalo, e que contou com a mobilização de todos os alunos, professores e funcionários.

“A ação novamente trouxe como conquista para todos o senso de ajuda ao próximo e convivência com realidades opostas de costumes diários. Também permitiu a troca de conhecimento e a oportunidade de conviver, fazer novos amigos, despertando bons sentimentos”, comemorou a coordenadora Fabrícia Scarpa.

Como fazer na minha escola

É preciso criar um roteiro de ações sociais que envolvam alunos e a comunidade. A cada mês, uma turma pode realizar um tipo de ação, com foco em melhorar a vida das famílias que compõem a comunidade escolar e social.

Entre as ações sociais sugeridas, pode haver doações de roupas, alimentos ou brinquedos; visitas a um asilo ou creche; organização de palestras, peças teatrais ou outra atividade cultural a ser apresentada nesses estabelecimentos.

É interessante que cada tipo de ação social seja compatível com a faixa etária e estágio escolar.

Foto: Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara
Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *