Os elementos da natureza

Por SOMOS Educação

De Niterói, Rio de Janeiro, o Espaço Infantil Manhaes Tavares compartilhou conosco um belo trabalho de educação ambiental que desenvolveu com suas crianças por meio do projeto “Os quatro elementos da Natureza”. A iniciativa despertou nos jovens alunos valores e ideias de preservação ambiental, além de mostrar a responsabilidade que cada um de nós tem para com o planeta e as gerações futuras.

“O projeto foi desenvolvido com o objetivo de disseminar a ideia de que todos podem adotar práticas mais ambientalmente corretas e cultivar um pouquinho de verde em suas casas. A proximidade e o contato direto com elementos naturais apresentam estreita relação com maior qualidade de vida. Também contribuem decisivamente para a saúde e desenvolvimento integral, além de se constituir em experiência, cuja percepção individual faz-se única e enriquecedora”, destaca a representante da escola, Letícia Martins.

Elementos conduzem ensinamentos

No projeto, o primeiro elemento a ser explorado foi a terra. Para isso, as crianças conheceram, manusearam e brincaram com vários tipos de solo, o que permitiu aos pequenos a observação da natureza sob uma abordagem estética.

“O solo é vida que se traduz em cores que somente um olhar sensível é capaz de reconhecer. Por essa razão, propusemos indagações sobre os olhares de cada um, sem menosprezar a riqueza que existe na observação de cada criança”, detalha Letícia.

Para desenvolver o sentido tátil do aluno, a escola também usou argila, o que ajudou na percepção das diferentes granulações de cada tipo de solo.

Na segunda fase do projeto, o colégio trouxe o tema água. O assunto foi tratado com muita arte, experiências, aprendizado e brincadeiras. No dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, a escola entregou lindas garrafas sensoriais, que estimularam a concentração e percepção das crianças.

“Nós também organizamos uma linda e deliciosa Feira Gastronômica, onde as famílias trouxeram receitas reaproveitando alimentos. Fizemos ainda uma Feira de Ciências, que ficou envolvida no reino dos seres vivos. As crianças puderam vivenciar a vinda de animais à escola e viram de forma concreta tudo o que aprenderam, estimulando seus sentidos”, ressalta a representante do colégio.

Fogo e ar

Para tratar do elemento fogo, a escola realizou atividades com chama, além de mostrar aos alunos o magnífico trabalho do Corpo de Bombeiros da cidade.

Já para falar sobre o quarto e último elemento, o ar, as crianças embarcaram em brincadeiras e vivências com pipas e balões, além de conhecerem o sistema respiratório dos seus corpos.

O projeto culminou no dia do Meio Ambiente, em 5 de junho. “Para celebrar essa data tão importante, fizemos uma linda Mostra do Meio Ambiente, onde foi intensificada a importância de reciclar. A mensagem que ficou foi a responsabilidade que cada um tem sobre o futuro do planeta”, afirma Letícia.

Para a representante da escola, “o projeto converge com a necessidade de abordarmos as questões que tangem a educação ambiental, pois não podemos fechar os olhos para uma natureza que diariamente revela-se cada vez mais prejudicada pelas ações inconsequentes de nós, seres humanos.”

“Como educadores, devemos contribuir para formação de uma geração consciente em relação ao seu papel como cidadã, voltado para uma valoração ética, social, econômica e ambiental, além de pensar numa escola que promova esse aprendizado, a fim de se ensinar a importância de atitudes de preservação, para que as gerações futuras não sofram com a destruição ambiental”, conclui Letícia.

Objetivos alcançados

Por meio do projeto, o Espaço Infantil Manhaes Tavares conseguiu alcançar diferentes objetivos. A escola destaca alguns:

  • Despertar nas crianças valores e ideias de preservação da natureza e senso de responsabilidade para com as gerações futuras;
  • Sensibilizar de forma lúdica o uso sustentável dos recursos naturais através de suas próprias ações;
  • Apresentar alternativas e soluções para as questões ambientais pertinentes no dia a dia escolar;
  • Conscientizar as crianças sobre a importância do meio ambiente e como o homem está inserido nesse meio;
  • Estimular a importância do homem na transformação do meio em que vive e o que as interferências negativas tem causado à natureza;
  • Incorporar o respeito e o cuidado para com o meio ambiente.
  • Incorporar a rotina da coleta seletiva;
  • Reconhecer atitudes inadequadas para com o seu meio ambiente; reconhecer que os cuidados com o meio ambiente promovem a qualidade de vida para os seres vivos;
  • Estimular a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com relação à utilização dos recursos naturais;
  • Conscientizar sobre as diferentes formas de coleta e destino do lixo, na escola, em casa e nos espaços em comum.
  • Incentivar uma ação para recolhimento de lacres (ainda em andamento), com o objetivo de entregar cadeiras de rodas para idosos do Abrigo Cristo Redentor, na cidade de São Gonçalo (RJ).

Como fazer na minha escola:

O tema educação ambiental é vasto e, para ilustrar, a escola usa como recorte o assunto Sustentabilidade. Ele pode ser dividido nas seguintes etapas:

1ª Etapa – Apresentação do tema aos alunos. Conversa dirigida a respeito do tema: interpretações, opiniões sobre o meio ambiente; a situação atual desse meio; apresentação de vídeo educativo infantil, que trate da questão do lixo e da preservação do meio ambiente, trazendo a importância da reciclagem; explicação sobre a importância de reciclar, reaproveitar e reutilizar, respeitando a vida e a ecologia.

2ª Etapa – Aula passeio: proporcionar à turma um passeio onde eles serão orientados a observar as formas de degradações que estão presentes naquele meio ambiente ou em suas proximidades; análise da realidade ambiental na comunidade; apresentação das diferentes partes do lixo produzido na cidade através de diferentes atividades pedagógicas. Campanha contra a Dengue, um dos problemas com o acúmulo de lixo (com cartazes e informativos). E palestra de um agente de saúde.

3ª Etapa – Reciclagem: explicar sobre a reciclagem, sua importância e como é feita. Montar latas de lixo de coleta seletiva na escola, apresentando que cada cor de lata recebe um tipo de lixo. Apresentar os símbolos da reciclagem que são usados para cada tipo de material, no mundo inteiro.

4ª Etapa – Iniciar os trabalhos manuais, como cartazes, panfletos educativos, avisos que trazem informações importantes à população. Confeccionar painéis; brinquedos e utilitários com materiais recicláveis.

5ª Etapa – Preparação para a exposição dos trabalhos. Visita de um agente de saúde para palestrar sobre a dengue. Passeio pedagógico a empresas de reciclagem de lixo, podendo ser qualquer uma que trabalhe com papelão, alumínio, óleo ou plástico. Por fim, exposição dos trabalhos que representam as diferentes etapas da execução do projeto.

Navegue em https://www.rededeexperiencias.com.br/na-pratica e veja outros projetos de destaque na educação. E se sua escola também promove e incentiva a participação dos alunos em projetos incríveis, compartilhe conosco em https://bit.ly/2HRdQQ7.

Fotos: Espaço Infantil Manhaes Tavares

 

Compartilhe nas suas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *