Maduro se reelege na Venezuela, mas Brasil e outros países não reconhecem pleito

Em eleições conturbadas, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi reeleito para governar o país até 2025. O processo eleitoral, que foi bastante questionado pela oposição e considerado fraudulento e ilegítimo por governantes de muitos países, registrou o mais alto índice de abstenção das últimas duas décadas.

Ler mais